quinta-feira, 31 de março de 2011

Arroz Doce com Leite de Coco - 2ª Experiência

Já havia aqui publicado esta receita da Duxa que tinha preparado sem a farinha custard pois não a tinha no momento.

Desta vez, voltei a preparar já munida da dita farinha e, usei mais um pacote de leite de coco (400ml no total).

A diferença é abismal! A cor fica bastante mais agradável à vista. A cremosidade nem se fala é algo divinal.

Este ficou, com certeza, muito melhor que o anterior.

Podem pesquisar a receita no blog, em receitas arquivadas ou, doces de colher ou, consultar a publicação da Duxa Aqui

Já lhe tinha agradecido mas, reafirmo! Obrigado Duxa :)

Deixo-vos com as fotozinhas.





BOM APETITE!!!

Iogurtes de Fruta - Pessêgo

Isto agora, com a compra da iogurteira, resulta nas mais variadas experiências de iogurtes.

Testadas e aprovadas pelas cobais desta cozinha e, pela "Honoris Causa" Avó Esmeralda :)

Fica a receita. Eu, também gostei! 

Ingredientes:
  • 1 Litro de Leite gordo (usei Mimosa)
  • 3 Colheres de sopa de Leite em pó (usei Nido)
  • 1 Iogurte de Aroma de Pessêgo (usei do Continente)
  • 1 Compota de Pessêgo (usei de compra do Continente mas, pode - e deve - ser feita em casa, até mesmo na MFP)
  • 3 Colheres de sopa de açucar amarelo.
Preparação:

Numa panela, leve ao lume o litro de leite, o leite em pó e, o açucar. Deixe ferver. Quando ferver apague o lume e reserve.

Entretanto, coloque a compota no fundo dos copos. Deve ter mais ou menos 1 dedo de altura.

Quando o leite na panela tiver arrefecido até à temperatura ideal (50ºc), adicione o iogurte de aroma e mexa vigorosamente com uma vara de arames. Para saber quando o leite está à temperatura correcta, coloque o seu dedo ligeiramente dentro da panela. Se estiver um morno suportável, está pronto.

Verta o preparado nos copinhos com cuidado para não misturar a compota.

Leve à iogurteira durante 10 horas. Findo este tempo, coloque no frigorífico no mínimo durante 4 horas antes de servir.
E depois é só deliciar-se.

Fica bastante sólido, similar aos de compra mas, sem os corantes e conservantes.

E cheio de sabor :)
BOM APETITE!!!

quarta-feira, 30 de março de 2011

Pudim de Leite Condensado

Depois da sopinha e prato principal, não podia faltar um belo docezinho para compor a mesa. 

Queria algo rápido e, que não desse muito trabalho devido ao cansaço.

Encontrei uma receita de pudim publicada pela Ratolinha Aqui que, achei perfeita.
Muito simples e de curto tempo de preparação.

Deitei mãos à obra e, ficou pronto num abrir e fechar de olhos. 
O que custou mesmo foi aguardar que arrefecesse ehehehe É uma delícia! Gostei imenso!

Obrigado Ratolinha pela maravilhosa receita :)

Ingredientes:
  • 1 Lata de leite condensado
  • 1 Medida (da lata) de leite de vaca (O normal)
  • 4 Ovos
  • Raspa de 1/2 Limão
  • Caramelo líquido para colocar na forma (usei de compra da marca Continente)
Preparação:

Num recipiente coloque o leite condensado e, os ovos inteiros. Bata com a varinha mágica durante cerca de 2 minutos.

Junte a medida de leite de vaca e, a raspa de limão. Misture com uma colher de pau.

Barre o fundo de uma forma com tampa com o caramelo líquido.

Verta o preparado lá para dentro. Tape e coloque na panela de pressão, com água que fique a chegar a meio da forma. Deixe cozinhgar durante 25 minutos.

Passe uma faca nos bordos da forma, vire para um prato e, desenforme.


Deixe arrefecer e, leve depois ao frigorífico para servir bem fresco.

Fica uma delícia!
BOM APETITE!!!

Esparguete à Carbonara

Mais uma receita da Neuza Costa partilhada no Sabor Intenso Aqui

A única adaptação que fiz foi incluir uns cubinhos de fiambre para a tornar mais rica, não que houvesse necessidade, apenas para adular a gula :)

Também povilhei no final com salsa picada e, substitui o oléo de cozer o esparguete que a Neuza menciona, por azeite.

Ingredientes:
  • Uma mão cheia de Esparguete
  • 1 Tira de margarina com 1 dedo de grossura
  • 2 Dentes de alho 
  • 200g de Bacon
  • 100g de Fiambre (cubos)
  • 1 Lata de cogumelos laminados
  • 1,5 Pacotes de Natas
  • 3 Gemas de ovo
  • 1 Colher de sopa de queijo ralado (usei Mozzarela)
  • Sal q.b.
  • Pimenta branca q.b.
  • Noz-moscada q.b.
  • Azeite q.b.
  • Queijo ralado q.b.
  • salsa picada q.b.
Preparação:

Numa panela com água, sal e um fio de azeite, coloque o esparguete a cozer.

Num Wok, coloque a margarina e os alhos picados. Leve a alourar.

Junte o bacon e o fiambre partidos em cubos e deixe cozinhar alguns minutos.

Adicione os cogumelos e, deixe mais alguns minutos.

Junte as 3 gemas de ovo e, uma colher de sopa de queijo ralado. Misture tudo muito bem.

Incorpore o esparguete cozido e escorrido e envolva. Tempere as natas com pimenta e noz-moscada e, verta sobre o preparado. Misture e deixe cozinhar uns momentos. Retire do lume e, sirva povilhado com queijo ralado e, salsa picada.
BOM APETITE!!!

Caldo Verde

Já há imenso tempo que não comia esta sopinha boa... a Bia também se queixa que não gosta muito da que servem na escola: "É deslavada" - diz ela - "E não tem chouriço... não gosto!"

Como normalmente não faço sopa cá em casa, salvo raras excepções, fui à procura da receita.
Não faço sopa porque a da minha avó é óptima, cheia de coisas boas! E ela faz pelo menos uma vez por semana uma panela grande de sopa para eu trazer para casa. 

Encontrei no Sabor Intenso a receita da Neuza Costa Aqui e, segui à risca a receita.

Aqui vos deixo a receita e, o resultado final.

Ingredientes:
  • 500g de Batatas
  • 400g de Couve galega cortada em caldo verde (usei um pacote do preparado de caldo verde do Continente 250g que era o que havia)
  • 1 Cebola
  • 2 Dentes de alho
  • 200ml de Azeite
  • 2 Litros de água
  • 1 Chouriço corrente
  • Sal.q.b. 
Preparação:

Coloque a água na panela, tempere com sal, regue com metade da quantidade de azeite (100ml) e, coloque lá dentro as batatas, cebolas e alhos cortados aos pedaços. Cozinhe durante 30 minutos.

Findo o tempo de cozedura, passe tudo na varinha mágica. Introduza a couve e, deixe cozinhar 15 minutos.

Após o tempo de cozedura da couve, adicione o chouriço cortado em rodelas e, o restante azeite (100ml). Deixe levantar fervura e, retire.

Depois de apurar uns minutinhos, sirva de imediato.
BOM APETITE!!!

segunda-feira, 28 de março de 2011

Strogonoff de Frango

Este é um pratinho que já faço cá em casa há bastante tempo, no entanto, encontrei esta receita da Neuza Costa que podem consultar Aqui e, como eram maneiras distintas de o confeccionar, resolvi experimentar.

Fiz ligeiras adaptações às quantidades e matéria prima mas, nada significativo. A receita praticamente foi seguida à risca.

Quando servi, disse à Beatriz que desta vez não era igual ao que a mãe fazia e ela franziu o sobrolho e disse com ar desconfiado: "Vou provar mas, não sei se gosto!".

Já estavamos a fazer o gosto ao dente, um silêncio sepulcral e exclamo eu: "É muita bom né Bia... é melhor que o meu!".
Ela, muito timidamente, numa voz do tipo debaixo d'água diz: "Eu tava com medo de te dizer isso" :)

A minha filha, acérrima defensora da mamã, estava com medo de me magoar :) mas, estamos sempre aprender e a melhorar por isso, se ficou melhor, esta será a receita oficial de Strogonoff que a partir deste dia será confeccionada nesta cozinha!

Obrigado Neuza. Uma receita fantástica! 

Partilho convosco a confecção deste prato.

Ingredientes:
  • 6 Bifes de frango
  • 2 Latas de cogumelos laminados
  • 2 Pacotes de Natas (400ml)
  • um pouco mais que 1/2 caneca de pequeno-almoço de leite (atenção que não é uma chávena almoçadeira)
  • 1 Colher de sopa de ketchup
  • 2 Colheres de sopa de polpa de tomate
  • 1,5 Colher de sopa de mostarda
  • 1 Cubo de caldo de galinha
  • 1 Folha de louro (grande)
  • 1 Colher de sobremesa de farinha maizena
  • 1 Cebola média
  • 3 Dentes de alho
  • 50g de margarina
  • 1 Cálice de vinho do porto (fiz a olho)
  • Sal q.b.
  • Pimenta branca q.b.
  • Noz-moscada q.b.
  • Molho Inglês q.b.
  • 1 Cebola pequena (para o arroz)
  • 1 Caneca de Arroz
  • 50g de Margarina (para o arroz)
Preparação:

Corte os bifes de frango em tiras, fazendo uso de uma tesoura de cozinha para facilitar o trabalho. Tempere com sal, pimenta, noz-moscada e, a mostarda. Deixe marinar por 30 minutos.

Num wok, coloque a cebola e a margarina e, leve a alourar.

Quando a cebola começar a ficar translúcida, junte os alhos picados e o louro. Cozinhe 1 minuto.

Introduza o frango cortado em tiras. Deixe tomar cor.

Incorpore os cogumelos lavados e escorridos e, o vinho do porto. Envolva bem e deixe cozinhar 2 minutos.

Junte a polpa de tomate e o ketchup. Mexa bem.

Dissolva a farinha Maizena no leite e adicione no Wok. Junte também o cubo de caldo de galinha partido em pedaços. Misture com cuidado e cozinhe por 5 minutos.

Por fim, deite-lhe o molho ingles e as natas. Quando levantar fervura, retire do lume.

Numa panela com água e sal, coloque uma cebola descascada inteira. Quando ferver junte 1 Caneca de arroz. Quando o arroz estiver quase cozido, introduza 50g de margarina. Misture bem e deixe acabar de cozer o arroz.

Por fim, retire do lume e escorra, descartando a cebola. Se pretender, decore a gosto.
BOM APETITE!!!

domingo, 27 de março de 2011

Morangoska

Aproveitando o fim-de-semana, altura para tentar esquecer os problemas que tantas vezes me preocupam, é tempo de tentar relaxar. 

Esta bebida é muito suave e, por ser, doce, o sabor do alcóol não se sente.
Por isso também é necessário ter cuidado para não cair no exagero e, sobretudo, apesar de ser cliché, se beber não conduza!

A forma de preparação da Caipirinha, capipirosca e, Morangoska é similar. As diferenças são que as duas primeiras, preparadas com lima, contêm bebidas diferentes: A cachaça, ou aguardente de cana e, o vodka, respetivamente. Na Morangoska, a bebida é o vodka mas, a lima é substituída por morangos.

Aqui fica a forma para prepararem.

Ingredientes:
  • 3 Morangos grandes (+ 1 pequeno para decoração)
  • 2 Colheres de açucar mascavado
  • 50ml de Vodka
  • 8 Pedras de gelo
  • 1 Palhinha
Preparação:

Corte os morangos em pedaços e, coloque no copo onde vai servir.

Adicione o açucar mascavado e, amasse tudo com um pilão ou, o cabo de um utensílio de cozinha. Deve ficar bem amassado para que os pedaços de morango não impeçam o normal fluxo da palhinha.

Junte a quantidade necessária de vodka.

E adicione o gelo picado. (Para picar o gelo pode faze-lo no liquidificador, picadora ou, embrulha-lho num pano e, bater-lhe com força fazendo uso de uma concha de sopa. Surte muito bom efeito esta técnica e, já foi testada por mim)

Mexa tudo muito bem, coloque a palhinha cortada ao meio de modo a que se torne em duas, e, enfeite com um morango no qual fez um corte para que encaixe no copo.

Sirva de imediato.

Boas reflexões!!!