terça-feira, 26 de abril de 2011

Rosbife na Frigideira

As receitas da Neuza são qualquer coisa :) Esta é mais uma das experiências que tiveram por base uma receita dela. Podem consultar Aqui

Não são só as receitas da Neuza... existem um sem número de receitas nas cozinhas que visito que são um verdadeiro manjar dos deuses!!! São tantas que, não tenho mãos para tudo :)

Algumas gostava imenso de fazer mas, não são tão adequadas às cobaias desta cozinha e, acabam por ficar em lista de espera, para uma oportunidade que, com certeza, virá.

Desde já quero dar os parabéns às minhas amigas blogueiras pelo magnífico trabalho que fazem nas suas cozinhas na preparação de tantas iguarias. Às vezes, não consigo visitar tantas vezes como gostaria mas, assim que tenho oportunidade, coloco a escrita em dia e, visito cada cantinho :)

O rosbife é um prato que deve ser servido com a carne mal passada. Eu não aprecio e, também não a sirvo assim às meninas pelo que, a meio desta confecção alterei o procedimento fatiando a carne mas, para quem gosta, não necessita de aditar a receita.

Ingredientes:
  • 1 Kg de Novilho (Vazia)
  • 15 Camarões
  • Azeite q.b.
  • 30g de Margarina
  • 60ml de Brandy
  • 60ml de Vinho do Porto
  • 250ml de Vinho Branco
  • 1 Colher (de chá) de Mostarda
  • 1 Cubo de Caldo de carne
  • 1 Colher (de chá) de Molho Inglês
  • 300ml de Natas (1,5 Pacote)
  • Sal q.b.
  • Pimenta q.b.
Preparação:

Tempere a carne com sal e pimenta.

Numa frigideira com azeite, leve a carne a fritar de ambos os lados até tomar cor. Retire do lume e, reserve.

Num wok coloque a margarina e a mostarda.

Junte-lhe o brandy.

E o vinho do Porto.

Adicione o cubo de caldo de carne, o molho inglês e, o vinho branco. Mexa e deixe ferver.

Junte os camarões. Aguarde que ferva.

Adicione então as natas. Misture bem.

Incorpore a vazia, regue com o molho e, deixe cozinhar cerca de 20 minutos, virando de vez em quando.

Retire a vazia para uma tábua de cozinha e, corte em fatias com a ajuda de uma faca eléctrica.

Volte a introduzir a carne fatiada no molho e, deixe cozinhar entre 5 a 10 minutos.

Sirva acompanhado de batata frita.


BOM APETITE!!!

Tarte de Amêndoa

Mais uma receita da Neuza Costa que fui espreitar Aqui e que, ontem decidi preparar, pensava eu, para adoçar o Domingo de Páscoa... mal sabia eu...

Fiz tudo como manda o figurino, coloquei no forno e, aguardei que estivesse pronto.

As miúdas andavam a dar-me cabo da cabeça a lutar uma com a outra e a discutir por "dá cá aquela palha"... como sempre... volta na volta lá tenho de repor a ordem no galinheiro!!

Chegou a hora de retirar a tarte do forno, elas a "cacarejarem" na sala, eu prestes a atirar-me da janela já em stress quando, já em biquinhos de pés e de tarte acabada de tirar no forno na mão, me virei repentinamente para refilar que estivessem quietas e se entendessem... A partir daqui descambou...

Parecia um filme em câmara lenta... o aro da tarteira (fundo amovível) descaíu para cima do meu braço, queimei-me, atirei com a mão e, vi a tarte voar pelo ar e ir esparramar-se no chão à minha frente!!!!

Silêncio sepulcral... ninguém respirava....

Por incrível que pareça, elas organizaram-se num piscar de olhos, e começaram a preparar as coisas para irem para o quarto... 
Eu aproveitei que tinha as claras que tinha separado para usar neste doce e, apliquei no braço onde me queimei. Já não sei onde li mas, as claras funcionam como colagéneo natural, aplica-se uma camada, alivia o ardor de imediato e, depois forma uma película que seca nessa zona.

Já à noitinha, com a calma e silêncio instalados, voltei à cozinha e fiz tudo mais uma vez :) Desta vez, correu tudo bem e a tarte estava realmente deliciosa.

A minha vida dava um filme... muito para além das triologias que já nos acostumámos a ver nas telas de cinema lol

Ingredientes:
  • 1 Base de massa folhada (usei do Continente)
  • 310g de Açucar
  • 150g de Amêndoas em pó
  • 200ml de Água
  • 30g de Margarina
  • 7 Gemas
  • 2 Ovos
  • Açucar em pó q.b.
Preparação:

Prepare a calda de açucar: Coloque uma panela ao lume com a água e o açucar (o normal). Deixe ferver por exactamente 3 minutos. Retire do lume.

Disponha a amêndoa em pó num recipiente com a margarina.

Adicione a calda de açucar e mexa até derreter a margarina. Deixe arrefecer completamente.

Forre uma tarteira de fundo amovível com a massa folhada (deixando no fundo o papel vegetal).

Quando o preparado de amêndoa tiver arrefecido, junte as gemas e mexa.

Adicione depois os ovos e misture bem.

Verta o preparado na tarteira e, leve ao forno a 170ºC durante cerca de 25 minutos.

Este será o aspecto da sua tarte...

Polvilhe a superficie, com a ajuda de um passador de rede, com açucar em pó.

Desenforme e sirva depois de ter arrefecido.

BOM APETITE!!!

domingo, 24 de abril de 2011

Entrecosto Assado à Transmontana

Hoje fui à janela e, já pelos cabelos, gritei: "Carne, volta!! Estás perdoada!!!!!"

E assim, eu e a carne fizemos as pazes e, para assinalar este facto convidámos o entrecosto :)

Escolhi esta receita da Neuza que, nunca tinha elaborado, pelo menos deste modo, no forno. Podem consulta-la Aqui.

Fiz uma omissão relativamente ao vinho tinto. 
Não bebo vinho e, portanto, é algo que não existe habitualmente em casa, salvo em ocasiões festivas.
O único vinho que aqui existe é daqueles de pacote, do mais "reles" que, serve exactamente para temperar.
Longe vão os tempos em que a "malta" chegava do K ainda a queimar fusíveis e, até o denominado "vinho das bifanas" marchava... Mas isso dava outro blog :)
 
Deixei de fora o raminho de salsa também pois, o que aqui havia era picado e ultracongelado e, não surtiria o efeito desejado. No entanto, penso que nem se notou. 

Cebolinhas também nem pensar Blhec, só gosto delas no refogado... odeio trincar aquilo, cru, cozido, seja de que maneira for... preciosismos!

Por fim, substitui a banha pelo azeite pois também não é coisa que tenha em casa para cozinhar. Simplesmente não uso.

Ingredientes:
  • 1 Kg de Entrecosto (inteiro golpeado no talho)
  • 4 Dentes de alho
  • 3 Folhas de Louro
  • 1 Colher (de chá) de cominhos em pó
  • 2 Colheres (de sopa) de massa de pimentão
  • 1,5 Copo de vinho branco
  • Azeite q.b.
  • Sal q.b.
  • Pimenta q.b.
  • Batatas (pequeninas) para assar
Preparação:

Tempere a carne de ambos os lados com os alhos picados, os cominhos, sal, pimenta e a massa de pimentão. Disponha por cima as folhas de louro. Espalhe as batatas descascadas, lavadas e, cortadas ao meio à volta da carne. Salpique-as com uma pirada de sal. Regue com o vinho branco e azeite q.b.

Leve ao forno a 200º cerca de 50 minutos. A meio do tempo de preparação, vire o entrecosto (ficando a parte do osso voltada para cima) e, já na fase final, vire novamente para ficar tostadinho.
Sirva acompanhado de uma salada.


BOM APETITE!!!

sábado, 23 de abril de 2011

Páscoa Feliz

A Cozinha da Lilly deseja a todos os seus amigos, seguidores e visitantes:


Feliz Páscoa


Muitos Beijinhos e muitos Docinhos!

Iogurtes de After-Eight

Algures no tempo perdido da minha "so called" juventude fui viciada em after-eight... Convenhamos, podia ser pior... tantos vícios por onde escolher eu até nem escolhi mal :)

Tive outros "vícios" bem piores que me consumiram pelo menos até ao início de 2008... mas isto agora não interessa nada!

Nesta azáfama da preparação de iogurtes, assim que bati os olhos no Blog da Patanisca e vi esta receita de Iogurtes com After-Eight Aqui pensei logo que haviam de ser a "próxima bola a sair do saco".

E aqui ficam as fotos da experiência que, nem poderia ser de outro modo, adorei. Obrigado Patanisca. Sou tua fã! :D

Ingredientes:
  • 1 Litro de Leite Gordo (uso da marca Continente)
  • 3 Colheres de sopa de leite em pó (uso Nido)
  • 1 Iogurte natural (uso da marca E)
  • 10 After-Eight
  • 3 Colheres de sopa de açucar amarelo.
Preparação:



Derreta os chocolates num pouco do litro de leite necessário, em lume brando.

No liquidificador, coloque o restante leite (à temperatura ambiente), o leite em pó, o açucar e, o iogurte natural. Processe para misturar. Adicione o leite com o chocolate derretido e processe novamente até obter um creme liso.

Verta o preparado nos copinhos e, leve à iogurteira durante 10 horas (preferencialmente, deixe durante a noite)

Findo o tempo de fermentação, coloque as tampinhas e, leve ao frigorífico no mínimo 4 horas antes de servir.

E delicie-se com estes iogurtes sólidos e cremosos :)



BOM APETITE!!!

Pescada Deliciosa

No seguimento do post anterior, este foi o jantar de eleição de hoje.

Já tinha visto esta receita da Neuza Costa há uns dias Aqui e já a tinha "marcado". Hoje pareceu-me uma óptima oportunidade para testa-la.

Improvisei por força das circunstâncias... Não tinha medalhões de pescada mas, tinha postas. Achei que haviam pacotes de batata palha mas, devem ter havido "ratos" cá em casa pois quando verifiquei existia apenas metade de um pacote solitário... 
Como o meu Papi tinha levado ontem o bolinhas para a oficina do padrinho para andarem lá de volta dele fiquei como a Rapunzel, exilada na torre e, sair a pé com esta chuva não estava nos meus planos.

Assim, deu um pouco mais de trabalho porque tive de ir cortando a pele / escama e, separar o peixe da espinha mas, surtiu o mesmo efeito. E as batatas foram confeccionadas artesanalmente implicando descascar, lavar, cortar, fritar, escorrer.......

Vou publicar aqui com estas (e outras, subtis) alterações mas, sugiro que visitem o link da Neuza de modo a visualizarem a receita original com as respectivas quantidade de medalhões e batatas.

Ingredientes:
  • 5 Batatas grandes
  • 4 Postas de Pescada
  • 15 Camarões grandes / médios
  • 3 Colheres de sopa de azeite
  • 1 Cebola média
  • 2 Dentes de alho
  • 1 Folha de louro
  • 1 Pacote de sopa de marisco
  • 1 Pacote de polpa de tomate (200g)
  • Salsa Picada (usei ultracongelada)
  • 200ml de Leite
  • 700ml de Molho Bechamel
  • 2 Ovos 
  • Sal q.b.
  • Pimenta q.b.
  • Noz-moscada q.b.
  • Pão ralado q.b.
Preparação:

Limpe a pescada de pele e escama, separe da espinha e, corte em cubos. Tempere com sal e pimenta. Misture e reserve.

Descasque os camarões e, reserve.

Descasque, lave e, corte as batatas em palitos finos. Reserve.

Numa panela corte a cebola em meias luas, pique o alho, junte a folha de louro e o azeite e, leve a alourar.

Adicione a polpa de tomate e a sopa de marisco. Misture bem.

Vá incorporando o leite e, mexendo sempre.

Adicione o peixe e o camarão. Cozinhe por 5 minutos.

Junte-lhe 500ml de molho bechámel.

Separe as gemas das claras e, introduza apenas as gemas (reserve as claras) e a salsa. Tempere com noz-moscada. Envolca com cuidado. Assim que ferver retire do lume.

Bata as claras em castelo e junte os restantes 200ml de molho bechámel. Envolva.

Num recipiente de ir ao forno começe por dispor uma camada de batatas paçha que entretanto fritou e escorreu sobre papel absorvente. De seguida diponha uma parte do preparado de pescada.

Coloque mais uma camada de batatas e, outra de peixe, terminando com uma última camada de batatas.

Espalhe por cima as claras batidas em castelo com o bechámel.

Cubra tudo com pão ralado.

Leve ao forno a gratinar cerca de 20 minutos. Sirva assim que retirar.
BOM APETITE!!!