domingo, 3 de abril de 2011

Tarte de Natas

Já havia lido esta receita na revista de culinária "Segredos de Cozinha" Nº 1324 mas, com tanta receitinha gulosa em tanto sítio, designadamente, no Sabor Intenso e nos blogs que sigo com atenção, não chego a ter tempo para testa-las todas com a rapidez que eu desejaria até porque, se assim fosse, o meu pneu roda 26 (bicicleta de adulto) depressa se tornaria o de camião TIR e nós não queremos isso pois não?

Como sempre, tinha de acontecer algo na preparação desta receita e, muito provavelmente seria na altura de desenformar...
Pois é, embora eu tivesse barrado a tarteira com margarina, de acordo com o indicado, na hora de desenformar a tarte devia estar tão boa que, nem ela queria largar.
Com muita pachora lá andei de volta da tarte, com uma faca, a passar em volta e a levantar com cuidado e, depois já com a ajuda de uma espátula a levantar a base rezando para não se partir... Por fim, depois de sangue, suor e lágrimas, consegui finalmente colocar a tarteira num pratinho.

Já não me apanham outra vez, a partir de agora vou usar sempre a de aro amovível!!!
Deixo-vos com a receitinha.

Ingredientes:
  • 1 Pacote de Bolacha maria (200g)
  • 180g de Margarina
  • 2 Colheres de sopa de açucar em pó
  • 1 Colher de sopa de cacau em pó
  • 1 Ovo
  • 4 Folhas de gelatina incolor
  • 2 Pacotes de natas (400ml)
  • 1 Lata de leite condensado
  • Margarina para untar
  • Amêndoas laminadas para povilhar
  • Chocolate em pó e raspas de chocolate para povilhar (para as raspas usei toblerone)
Preparação:

Coloque as folhas de gelatina de molho em água fria.
Reduza as bolachas a pó.

Junte-lhes o açucar e cacau em pó, o ovo e, a margarina derretida. Amasse bem.

Depois de tudo bem ligado, forre as paredes de uma tarteira de fundo amovível préviamente untada com margarina. Reserve no frigorífico.
Bata as natas até ficarem firmes. Junte o leite condensado e, bata mais um pouco.

Retire um pouco do preparado das natas, adicione-lhe as folhas de gelatina hidratadas e espremidas e, leve a lume brando até dissolverem completamente. Volte a introduzir no preparado de natas e misture bem.
Verta o conteúdo para a tarteira que havia reservado no frigorífico anteriormente. Leve ao congelador até solidificar completamente.

Desenforme a tarte e decore a gosto.
Começe por povilhar com chocolate em pó, depois amêndoa laminada e, por fim, rale um pouco de chocolate generosamente.
Sirva bem fresca.
BOM APETITE!!!










6 comentários:

  1. Com a vinda do calor e da Primavera nada como estas sobremesas tão frescas e deliciosas verdade amiga?
    Tem um aspecto bem guloso Lilly, obrigado por partilhares,

    beijokas e bom restinho de domingo!!

    ResponderEliminar
  2. Ai, essa tarte é uma tentação mesmo...
    Ficou excelente.
    beijo

    ResponderEliminar
  3. Ai, ai...já comia uma fatia...com este solinho que está hoje sabia mesmo bem...


    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Lilly
    Que bela tarte de natas, amiga! Ficou um showwww, linda! Gostei muito de conhecer a tua cozinha ;)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Queridas amigas, posso dizer por experiencia própria que esta mesma tarte de natas ficou maravilhosa...
    Venha a próxima...
    Beijokas

    ResponderEliminar
  6. hummm, ainda sobrou uma fatia ????
    chuaccc

    ResponderEliminar

A vossa presença neste espaço é importante para mim e, a vossa opinião é valiosa!
Muito obrigado pela visita e, pelo carinho :)